Siga-nos

Crime

APAF exige irradiação do jogador do Sabóia que agrediu árbitro

Jogador agrediu a murro o juiz da partida

Avatar

Publicado

em

Luciano Gonçalves, presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) lamentou o incidente que aconteceu no distrital da 2ªdivisão de beja em que o árbitro da partida foi agredido por um jogador.

“Estes são episódios de violência gratuita a lamentar. Temos de pôr termo a estes casos que definitivamente envergonham o futebol português. Estas pessoas têm de ser irradiadas do desporto, referiu”.

O responsável pelos árbitros em Portugal acrescentou ainda que “Tais atos cobardes, que semanalmente teimam em continuar país fora, apenas mancham o nosso futebol e colocam a descoberto a falta de cultura desportiva”.

Como a TDS noticiou ontem Bruno Duarte, árbitro do jogo entre o Sabóia e o Bairro da Conceição, jogo da 2ª divisão distrital de beja, foi agredido a murro, quando apitava a partida que decorria em Sabóia no concelho de Odemira.

Com a partida empatada a  1 golo, aos 32 minutos da 2ª parte, o árbitro anulou um golo para o conjunto da casa. Um dos jogadores do Sabóia não aceitou a decisão e protestou. Bruno Duarte mostrou-lhe o segundo cartão amarelo e o respectivo vermelho e o jogador reagiu agredindo o árbitro a murro.

O agressor foi detido pela patrulha da GNR que policiava a partida mas foi libertado pouco depois com notificação para se apresentar no Tribunal de Odemira aonde deverá prestar declarações.

O árbitro terminou o encontro a 13 minutos do seu final tendo recebido assistência médica no Centro de Saúde de Castro Verde, a área da sua residência.

A situação do juiz em termos médicos não é grave segundo fonte próxima das autoridades.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Crime

Homem detido por violência doméstica

O detido será presente ainda hoje, ao Tribunal Judicial do Seixal, para aplicação de medidas de coação.

TDS noticias

Publicado

em

O Comando Territorial de Setúbal da GNR, através Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Almada, deteve um homem de 49 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Setúbal.

No seguimento de uma investigação de um crime de violência doméstica, em que a vítima, uma mulher de 51 anos, sofria de violência psicológica e ameaças por parte do seu ex-companheiro, foi dado cumprimento a um mandado de detenção e um de busca domiciliária, que culminou na detenção do suspeito e na apreensão de uma arma de alarme.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul