Últimas:
Antigo Cabo dos Forcados de S.Manços internado com Covid 19 no Hospital de Évora. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Antigo Cabo dos Forcados de S.Manços internado com Covid 19 no Hospital de Évora.

Joaquim Azeda é o 2º cabo da história do Grupo de Forcados Amadores de São Manços

Foto: Tauronews
Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O 2º cabo da história do Grupo de Forcados Amadores de São Manços, Joaquim Azeda encontra-se internado no Hospital de Évora com Covid-19.

“Nomes importantes da tauromaquia nacional atingidos pela pandemia”

Em 1971, Joaquim Azeda assumiu o cargo de cabo do grupo sucedendo a Francisco Pereira e passando o testemunho a Joaquim Carvalho.

Com este foram percorridos os mais altos santuários da tauromaquia nacional e também em Espanha e França.

É sob o seu comando que o grupo começa a atingir notoriedade no panorama taurino, tendo pegado nas mais importantes praças do país entre as quais: Campo Pequeno, Évora, Povoa do Varzim, Nazaré, Moita do Ribatejo, Montijo, Portalegre, Beja, Reguengos de Monsaraz, Montemor-o-Novo, entre muitas outras.

Pai de dois antigos forcados do Grupo, José e André Azeda, nunca deixou de acompanhar o grupo, sendo presença habitual nas corridas onde actuam.

(texto original: tauronews)

Saúde

Covid-19: Alandroal o concelho do país com ‘piores’ números.

Surto nas obras da ferrovia complicam as contas.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Maior incidência do vírus a 14 dias

” Obras na ferrovia na origem de surto em Alandroal “

Alandroal, é o concelho do país que suscita maior preocupação.

Regista uma maior incidência do vírus a 14 dias.

No período de 24 de março a 6 de abril, o município apresenta uma incidência de 581 casos por 100 mil habitantes, de acordo com os dados do último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) .

É um dos dois concelhos em risco muito elevado, registando um aumento significativo de novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

Na atualização anterior, a 5 de abril, Alandroal apresentava uma incidência de 200 casos por 100 mil habitantes a 14 dias.

Em risco elevado, com uma incidência entre 240 e 479,9 casos por 100 mil habitantes, estão os concelhos de Barrancos, Odemira e Moura, na região Alentejo.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!