Últimas:
Altice apoia GNR para aproximar idosos às famílias. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Policias

Altice apoia GNR para aproximar idosos às famílias.

Idosos mais próximos das famílias com novos meios técnicos ao serviço da GNR

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Tecnologia e comunicações ao serviço da população isolada

“Altice Portugal reforça apoio à GNR com equipamentos e comunicações para todos os Comandos Territoriais do Continente”

Num claro reforço do compromisso que assume diariamente perante os portugueses, a Altice Portugal volta a aliar-se à Guarda Nacional Republicana para dotar todos os comandos territoriais da GNR com os equipamentos e serviço de dados necessários para que milhares de idosos em todo o país possam manter-se próximos das suas famílias.

Numa altura em que a força das circunstâncias obriga os portugueses a permanecer em casa, a Altice Portugal vai colocar à disposição da GNR tablets e cartões de dados móveis que permitirão encurtar distâncias e promover o contacto, através de videochamadas, entre idosos que vivem sozinhos ou isolados e as suas famílias, no âmbito do programa 65 Longe+Perto da GNR.

Para o Presidente Executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, «É com grande
orgulho que voltamos a colaborar com GNR e com o trabalho que desenvolve em prol da
sociedade, uma vez mais para uma iniciativa de Proximidade, um valor que defendemos
e praticamos diariamente na Altice Portugal, e que nesta fase ganha contornos ainda mais
importantes.

Acreditamos que a tecnologia deve estar ao serviço de causas, de pessoas, e da humanidade, e por isso no que concerne a disponibilizá-la indistintamente a todos os portugueses, não baixamos os braços.

Aplaudo de pé esta iniciativa da GNR que vem
demonstrar que conhece bem o território, defende-o e protege-o. Parabéns à GNR».

O Comandante-Geral da Guarda Nacional Republicana, Tenente-General Rui Manuel Carlos Clero, considera que «a continuidade desta parceria torna ainda maior a dimensão
social do serviço que a Guarda vem prestando junto dos cerca de 42 mil idosos sinalizados
pela Guarda como vivendo sozinhos, isolados ou sozinhos e isolados, em especial numa
altura de elevada complexidade como aquela que o país atravessa».

Através desta parceria, a GNR dispõe agora de mais meios para fortalecer o trabalho fundamental que desenvolve junto da população portuguesa, em particular junto das
camadas mais vulneráveis, que a propósito da crise pandémica que vivemos se veem muitas vezes privadas do contacto com os seus familiares.

Depois de, no último ano ter disponibilizado mais de quatro centenas de equipamentos e
serviços tecnológicos a instituições de ensino, de saúde e de solidariedade social, a Altice
Portugal volta assim a deixar o seu contributo para a sociedade, numa iniciativa que beneficiará milhares de idosos em todo o país.

Policias

PSP de Beja tem esquadra sem condições, falta de meios e de verba para viaturas.

Denúncia é feita pela ASPP/PSP que reune hoje em Beja.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Tomada de posse de delegados da ASPP/PSP

“ASPP fala em falta de condições na esquadra de Beja “

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) reune esta quarta-feira, 16 de junho, pelas 10.30, no Comando Distrital da PSP de Beja.

Na reunião que serve para a tomada de posse formal dos delegados eleitos, a ter lugar na sede distrital da ASPP/PSP, estará presente o presidente da ASPP/PSP, Paulo Santos.

A Associação Sindical irá ainda discutir formas de luta, caso as negociações em curso não decorram de acordo com as expectativas dos polícias, assentes na proposta já apresentada para os suplementos remuneratórios e subsídio de risco.

A nível local, Beja, a ASPP irá debater as suas principais preocupações, segundo refere em comunicado.

“O problema das infraestruturas já envelhecidas e sem condições próprias para o exercício das funções policiais, nomeadamente na Esquadra sede (Divisão Policial), necessitando de obras de remodelação urgentes; o parque informático já ‘desatualizado’, bem como a escassez de emissores recetores para comunicações policiais; Falta de verba para reparação dos veículos motorizados”.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!