Últimas:
Alentejo litoral com primeira ‘Ressonância Magnética’ – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Alentejo litoral com primeira ‘Ressonância Magnética’

Hospital Particular do Alentejo, integra o Grupo Hospital Particular do Algarve, um dos cinco maiores grupos privados do país.

Foto Clídis
Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Até ao final de 2020 a CLÍDIS fará a maior transformação dos seus mais de 40 anos de existência, ao tornar-se o primeiro hospital privado de todo o litoral alentejano: o Hospital Particular do Alentejo.

“Primeira ressonância magnética será instalada no Alentejo Litoral”

A unidade tem vindo a reforçar os seus recursos humanos e equipamentos, para que tudo fique pronto para essa grande transformação.

No início deste mês foi instalada uma ressonância magnética, a primeira da região, que minimizará a necessidade de deslocações da população, mas sobretudo proporcionará diagnósticos mais céleres e seguros no apoio às especialidades médicas e ao Atendimento Permanente da Clidis, que se encontra em funcionamento entre as 9h e as 18h, de segunda a sábado.

Ainda na área da imagiologia foi implementado um novo sistema e reforçada a equipa, por forma a garantir a emissão atempada de relatórios.

Ao nível do corpo clínico, têm sido reforçadas algumas equipas críticas para o apoio e referenciação do Atendimento Permanente, como é o caso da otorrinolaringologia e da ortopedia, mas também têm sido reforçadas outras equipas como a neurocirurgia e a hematologia.

“Neste momento, possuímos um corpo clínico composto por quase 80 médicos, mas acreditamos que a equipa e as especialidades possam ainda crescer com a abertura do hospital, nomeadamente devido à atividade do bloco operatório e do internamento”, refere a Direção da unidade.

A CLÍDIS, ou o Hospital Particular do Alentejo, integra o Grupo Hospital Particular do Algarve, um dos cinco maiores grupos privados do país, que além do Algarve e Alentejo, tem também presença na ilha da Madeira.

Continuar a ler
Publicidade

Saúde

Covid 19: Jovens a partir dos 18 anos já se podem inscrever.

Vacinação, maiores de 18, deverá acontecer a partir de 4 de julho.

Ana Catarina Ventura

Publicado

em

Vacinação pode começar já para a semana

Site da DGS encontra-se em dificuldades para fazer o processo”

Os jovens dos 18 aos 22 anos já podem fazer o auto-agendamente para a vacina contra a COVID-19.

Depois de mais de duas semanas com o agendamento em atraso por falta de vacinas, os jovens poderão agora faze-lo, seguindo as etapas mencionadas no site da DGS.

De momento, o site oficial encontra-se em baixo, alegadamente pela quantidade de pessoas a acede-lo para fazer o agendamento.

Isto vem ao encontro do desejo do coordenador da Task Force, Vice-Almirante Henrique Gouveia e Melo, de querer vacinar os jovens dos 16 e 17 anos a partir de 14 de agosto.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!