Siga-nos

Artes

Alentejo é a única região do país em que é reduzido o apoio às artes.

Desde 2015, o orçamento da DGARTES para o apoio às artes aumentou todos os anos. Nesta legislatura, os apoios públicos cresceram 83% e atingiram o patamar dos 25 milhões de euros.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Este é o primeiro concurso aberto após as alterações introduzidas no modelo de apoio às artes propostas pelo Grupo de Trabalho do Modelo de Apoio às Artes, alterações que tiveram um impacto significativo nos resultados agora divulgados. 

Por um lado, 2019 é o primeiro ano em que o concurso para o biénio seguinte (2020/2021) abriu no primeiro trimestre do ano anterior, ou seja, em março, o que representa uma antecipação de calendário na ordem dos 9 meses.

Por outro lado, foram separados os domínios da programação e da criação e alterados os critérios de pontuação. No anterior concurso caso a pontuação fosse inferior a 60% num dos critérios de avaliação, a candidatura era excluída; agora, é suficiente uma pontuação global média (a soma das notas de cada critério) de 60%.

Os resultados provisórios deste concurso indicam que 102 entidades irão ter apoio, o que garante uma cobertura de 60% do total das 177 candidaturas elegíveis pelo júri. Comparando com o anterior concurso bienal, registam-se mais 48 candidaturas admitidas (um crescimento de 32%) e um aumento de 46% de entidades elegíveis (apenas 19 entidades foram avaliadas pelo júri como não elegíveis).

Das 102 entidades com apoio, 33% são novas entidades, isto é, não tinham recebido apoio sustentado no biénio anterior. Existem 10 que se candidataram no anterior concurso e que não receberam apoio e 23 que não têm historial de apoio nos concursos sustentados.

Assim, o total de apoio solicitado pelas 177 candidaturas elegíveis aumentou cerca de 78% face ao concurso anterior. 

Isto significa que o montante médio de apoio concedido aumenta cerca de 16% face ao concurso anterior, representando um apoio médio de 183 mil euros por entidade. Desagregando os apoios por montantes, os resultados provisórios indicam que 84% das candidaturas recebem mais de 100 mil euros, 32% mais de 200 mil euros, 14% mais de 300 mil euros, 3% mais de 400 mil. É ainda de sublinhar que cerca de 24% das entidades candidataram-se a montantes superiores a 300 mil euros e praticamente metade (48%) vai receber acima desse montante.

A distribuição regional é também um aspeto a salientar, com três regiões a registar aumentos na ordem dos 60% da verba atribuída: Algarve, Açores e Madeira. O Alentejo é a única região que recebe menos.

A distribuição regional é a seguinte:

Regiões Dotação atribuída por região (€)
2018/19 2020/2021 Variação %
Norte       4 654 141,00 €        5 565 574,00 €           911 433,00€  +20%
Centro       3 104 941,00 €        3 948 641,00 €           843 700,00 €  +27%
A. M. L.       5 501 784,00 €        6 030 621,00 €           528 837,00 €  +10%
Alentejo       1 823 682,00 €        1 684 863,00 €  –       138 819,00 €  -8%
Algarve          413 912,00 €           688 474,00 €           274 562,00 €  +66%
R. A. Madeira          249 157,00 €           420 422,00 €           171 265,00 €  +69%
R. A. Açores          216 531,00 €           343 405,00 €           126 874,00 €  +59%
Total    15 964 148,00 €     18 682 000,00 €        2 717 852,00 €  +17%

 

Os resultados hoje divulgados são ainda provisórios – segue-se a fase de audiência de interessados, que terminará no próximo dia 25 de outubro. Os contratos com as estruturas com apoio realizar-se-ão até ao final do ano corrente.

DGArtes ‘mata’ CENDREV. Companhia de Évora encerra em janeiro de 2020 por falta de apoio.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Artes

Rancho Folclórico de Alcácer do Sal assinalou 65º aniversário

Aniversário assinalado com espetáculo

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Auditório Municipal de Alcácer do Sal acolheu, uma atuação do Rancho Folclórico de Alcácer do Sal, comemorativa do 65º aniversário da coletividade.

O espetáculo teve entrada livre, e foi presenciado pelo presidente do Município de Alcácer, Vítor Proença – que no final entregou uma lembrança ao Rancho -, pela vereadora Ana Soares e pelo presidente da União das Freguesias de Alcácer do Sal e Santa Susana, Arlindo Passos, tendo contado com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

 

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul