Siga-nos

Saúde

Alentejo é a única região do continente fora da ‘zona vermelha’

O Centro Europeu de Controlo de Doenças publicou o seu primeiro mapa com as zonas de risco da Covid-19 na Europa

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC) publicou o seu primeiro mapa com as zonas de risco da Covid-19 na Europa e colocou o Alentejo como a única região do país que está fora da ‘zona vermelha’.

“Para além do Alentejo todas as regiões do país estão na denominada ‘zona vermelha’, a de maior risco de infeção.”

Em detalhe, o organismo da União Europeia coloca quatro das cinco regiões de Portugal Continental como zonas com maior contágio do novo coronavírus: Lisboa e Vale do Tejo, Norte, Centro e Algarve.

Como critério para esta atribuição, a ECDC considera o número de casos positivos nos últimos 14 dias por cem mil habitantes e a percentagem de testes realizados que resultou em teste positivo.

No mapa, que a ECDC passará a publicar uma vez por semana, existem três cores: verde, amarelo e vermelho, dependendo do maior ou menor risco de infeção pela Covid-19.

Para uma região estar situada na zona vermelha, terá de apresentar, nos 14 dias anteriores, mais de 150 casos por 100 mil habitantes ou mais de 100 casos por 100 mil habitantes e uma taxa de positividade de testes superior a 4%.

Alentejo, Açores e Madeira têm a cor amarela no mesmo gráfico da ECDC, o que significa que têm entre 25 e 149 casos por 100 mil habitantes e uma percentagem inferior a 4% de testes positivos ou até 49 casos por 100 mil habitantes e uma taxa de positividade a diagnósticos da Covid-19 superior a 4%.

Saúde

Portalegre: Ponto da situação Covid 19

29 casos activos no concelho

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Relatório de situação COVID-19 | Portalegre

” 29 casos ativos”

De acordo com os dados oficiais a 29 de outubro, a Câmara Municipal de Portalegre atualizou os números referentes à situação epidemiológica COVID-19 no concelho.

Nesta altura registam-se 29 casos ativos, 41 recuperados, 71 casos confirmados no total e 1 óbito.

A autarquia apela a todos para a importância das medidas de segurança recomendadas:

– uso obrigatório de máscara nos locais indicados,

– frequente higienização das mãos e espaços de trabalho,

– respeito absoluto pela distância de segurança regulamentada,

– cumprimento das regras de etiqueta respiratória.

Continuar a ler

error: Content is protected !!