Últimas:
Alentejo é a única região do continente fora da ‘zona vermelha’ – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Alentejo é a única região do continente fora da ‘zona vermelha’

O Centro Europeu de Controlo de Doenças publicou o seu primeiro mapa com as zonas de risco da Covid-19 na Europa

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC) publicou o seu primeiro mapa com as zonas de risco da Covid-19 na Europa e colocou o Alentejo como a única região do país que está fora da ‘zona vermelha’.

“Para além do Alentejo todas as regiões do país estão na denominada ‘zona vermelha’, a de maior risco de infeção.”

Em detalhe, o organismo da União Europeia coloca quatro das cinco regiões de Portugal Continental como zonas com maior contágio do novo coronavírus: Lisboa e Vale do Tejo, Norte, Centro e Algarve.

Como critério para esta atribuição, a ECDC considera o número de casos positivos nos últimos 14 dias por cem mil habitantes e a percentagem de testes realizados que resultou em teste positivo.

No mapa, que a ECDC passará a publicar uma vez por semana, existem três cores: verde, amarelo e vermelho, dependendo do maior ou menor risco de infeção pela Covid-19.

Para uma região estar situada na zona vermelha, terá de apresentar, nos 14 dias anteriores, mais de 150 casos por 100 mil habitantes ou mais de 100 casos por 100 mil habitantes e uma taxa de positividade de testes superior a 4%.

Alentejo, Açores e Madeira têm a cor amarela no mesmo gráfico da ECDC, o que significa que têm entre 25 e 149 casos por 100 mil habitantes e uma percentagem inferior a 4% de testes positivos ou até 49 casos por 100 mil habitantes e uma taxa de positividade a diagnósticos da Covid-19 superior a 4%.

Saúde

Covid-19: Alandroal o concelho do país com ‘piores’ números.

Surto nas obras da ferrovia complicam as contas.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Maior incidência do vírus a 14 dias

” Obras na ferrovia na origem de surto em Alandroal “

Alandroal, é o concelho do país que suscita maior preocupação.

Regista uma maior incidência do vírus a 14 dias.

No período de 24 de março a 6 de abril, o município apresenta uma incidência de 581 casos por 100 mil habitantes, de acordo com os dados do último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) .

É um dos dois concelhos em risco muito elevado, registando um aumento significativo de novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

Na atualização anterior, a 5 de abril, Alandroal apresentava uma incidência de 200 casos por 100 mil habitantes a 14 dias.

Em risco elevado, com uma incidência entre 240 e 479,9 casos por 100 mil habitantes, estão os concelhos de Barrancos, Odemira e Moura, na região Alentejo.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!