Últimas:
Alentejo: dormidas superam 2019. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Turismo

Alentejo: dormidas superam 2019.

Comparando com outubro de 2019 – antes da pandemia – o maior crescimentos foi registado pelo Alentejo (+14,9%).

Publicado

em

Turismo em Portugal

“Dormidas no Alentejo superam níveis de outubro de 2019”

Os números mostram que foram registados aumentos em todas as regiões.

Mas, comparando com outubro de 2019 – antes da pandemia – o maior crescimentos foi registado pelo Alentejo (+14,9%). Todas as outras regiões do continente apresentaram decréscimos.

O setor do alojamento turístico registou 2,1 milhões de hóspedes e 5,5 milhões de dormidas em outubro deste ano, o que correspondem a crescimentos de 115,5% e 139%, respetivamente.

Os dados foram divulgados esta terça-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) que revela que “os níveis atingidos em outubro de 2021 foram, no entanto, inferiores aos observados em outubro de 2019, tendo diminuído o número de hóspedes e de dormidas, -14,6% e -13,5%, respetivamente”.

Ainda no que diz respeito ao mês em análise, o mercado interno continua a ser a maior ajuda, tendo contribuído com dois milhões de dormidas, o que representa um crescimento de 65,4%, “continuando a superar os níveis do período homólogo de 2019 (+28,2%)”.

E até as dormidas de não residentes mostraram bons números: totalizaram 3,5 milhões, o valor mais elevado desde outubro de 2019, tendo triplicado face a outubro de 2020 (+216,6%). Ainda assim, continuam a não superar os valores de 2019, e mostram uma quebra de 26,7% face a outubro desse ano.

Neste mês, 24,2% dos estabelecimentos de alojamento turístico estiveram encerrados ou não registaram movimento de hóspedes (20,5% em setembro).

Diz ainda o gabinete de estatística que as dormidas registadas nos primeiros dez meses de 2021 aumentaram 31% (+31,9% nos residentes e +30,0% nos não residentes). Comparando com o mesmo período de 2019, as dormidas diminuíram 49,9% (-11,0% nos residentes e -66,3% nos não residentes).

Sociedade

Cordão humano hoje em Tróia para proteger as dunas

Concentração na Praia Atlântica, Soltroia.

Publicado

em

Mapa de empreendimentos construídos e a construir na zona de Tróia

Plataforma Duna Livres

“Protesto na praia”

É hoje o protesto contra as novas construções na zona de Tróia. Esta é uma notícia que a TDS já tinha divulgado. (veja AQUI)

A organização (Plataforma Dunas Livres) refere que ‘Não podemos permitir que o Plano de Urbanização da Península de Tróia se concretize por completo, que os relvados de golf e aldeamentos balneares avancem pelo litoral; nem que mais água seja sugada enquanto a seca agrava; nem que mais uma região seja desapropriada da sua gente, privatizada para o turismo de elites, acabando-se em poucos anos com o que levou milhares de anos à Natureza a criar; e muito menos podemos continuar a perpeturar a sobreposição dos interesses económicos à sustentabilidade ecológica, ambiental, social e cultural”, conclui.

a história

Grão a grão, maré após maré durante milhares de anos, a península de Tróia cresceu do encontro dos sedimentos trazidos pelas correntes oceânicas, de um lado, e pelo Estuário do Sado, do outro. Os 40 kms de praia a partir dali são o pouco que resta de costa selvagem em Portugal, na Europa e talvez no mundo. São lagoas, sapais e dunas, reservas de uma biodiversidade única.

A construcção de vários mega-empreendimentos já está em curso, acompanhada pela destruição de habitats dunares e usurpação de água. Resorts, campos de golfe, casas de férias, piscinas, jardins, estradas e bares de praia.

Continuar a ler

Turismo

Ponte de Sor é o melhor destino para visitar do Alto Alentejo, diz a Bloom Consulting.

Esta é a conclusão da Bloom Consulting que pela primeira vez coloca o Município de Ponte de Sor na liderança relativa ao distrito de Portalegre na área-chave visitar.

Publicado

em

Ponte de Sor é o melhor destino para visitar do Alto Alentejo

Ponte de Sor foi um dos Municípios nacionais que maior variação positiva atingiu no ranking geral

Ponte de Sor é o melhor destino para visitar no Alto Alentejo.

Esta é a conclusão da Bloom Consulting que pela primeira vez coloca o Município de Ponte de Sor na liderança relativa ao distrito de Portalegre na área-chave visitar.

O espelho da Albufeira de Montargil, a Zona Ribeirinha de Ponte de Sor, uma ampla oferta cultural, a organização de manifestações desportivas múltiplas, a captação de eventos de excelência como o Portugal Air Summit, Festival Internacional de Balões, Baja Portalegre 500, Festival de Música Júnior, Festival Sete Sóis Sete Luas e que se juntam as Festas da Cidade, a Feira dos Sabores ou a Festa do Arroz são alguns dos muitos atributos que têm trazido milhares de pessoas a visitar o concelho de Ponte de Sor e a fazer com que a taxa de ocupação anual das unidades hoteleiras esteja próxima da totalidade.

O estudo Portugal City Brand Ranking, que vai na sua oitava edição, é elaborado através do cruzamento de diversos dados estatísticos relativos às três áreas-chave (negócios, visitar e viver). O objetivo é medir a força da marca dos Municípios portugueses, permitindo compará-los em diferentes áreas.

Ponte de Sor foi também um dos Municípios que mais posições subiu, no ranking geral nacional, que liga Negócios, Visitar e Viver, subindo 25 posições e passando para o 111º lugar.

Nos rankings destas três áreas-chave, atingiu também as melhores classificações nacionais e regionais de sempre.

Continuar a ler

ODEMIRA

Bandeiras azul e dourada hasteadas em Odemira

A época balnear de 2022 iniciou no concelho de Odemira no dia 10 de junho e prolonga-se até 18 de setembro. 

Publicado

em

Odemira já tem hasteadas as bandeiras azul e dourada

A cerimónia oficial de hastear da Bandeira Azul, Qualidade de Ouro e de Praia Acessível nas praias do concelho de Odemira decorreu na praia do Almograve.

Para a época balnear de 2022, Odemira conta com doze praias de Bandeira Azul, oito praias de Qualidade de Ouro e cinco praias acessíveis.

A iniciativa contou com a presença do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Odemira, Ricardo Cardoso, da Presidente da Junta de Freguesia de Longueira/Almograve, Maria Glória Pacheco, e de representantes da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Autoridade de Saúde do Litoral Alentejano, Autoridade Marítima Local, Associação de Nadadores Salvadores de Grândola – Seagull Rescue e do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF).

Em 2022, o concelho de Odemira conta com doze praias com Bandeira Azul, o símbolo de qualidade e excelência, atribuído pela ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa. De norte para sul, a Bandeira Azul volta a ser hasteada nas praias do Malhão Norte, Malhão Sul, Franquia, Farol, Furnas Rio, Furnas Mar, Almograve Norte, Almograve Sul, Zambujeira do Mar, Alteirinhos, Carvalhal e na praia fluvial de Santa Clara.

Em 2022, a Bandeira Qualidade de Ouro foi atribuída pela QUERCUS – Associação Nacional de Conservação da Natureza a oito praias do concelho de Odemira: Malhão (Norte e Sul), Farol, Franquia, Furnas, Almograve (Norte e Sul), Alteirinhos, Carvalhal e na praia fluvial de Santa Clara. Em relação a 2021, há a registar este ano a designação da Praia do Malhão (Norte e Sul) como Qualidade de Ouro.

O concelho conta com cinco praias acessíveis – Franquia, Furnas Rio, Furnas Mar, Zambujeira do Mar e Carvalhal,  onde além de rampas e/ou tapetes de acesso aos areais, são disponibilizados equipamentos de apoio ao banho para utentes com mobilidade reduzida. Além de cadeiras anfíbias para adultos, são também disponibilizadas cinco cadeiras para crianças e jovens, permitindo a concretização plena do conceito de praia acessível, sendo as cadeiras de fácil mobilidade em areia seca ou molhada. Esta iniciativa decorre do protocolo entre o Município de Odemira e a Associação More Moving Moments (MMM).

Tal como em 2021, a associação ambientalista Zero distinguiu os Alteirinhos como praia Zero Poluição. São praias Zero Poluição aquelas que, ao longo das três últimas épocas balneares (2019, 2020 e 2021), tiveram sempre classificação “Excelente” e apresentaram valores zero ou inferiores ao limite de deteção em todas as análises efetuadas aos parâmetros microbiológicos controlados e previstos na legislação, de acordo com os dados da Agência Portuguesa do Ambiente.

Na oferta balnear, o concelho de Odemira conta também com duas praias naturistas (no Malhão Norte e Alteirinhos Sul) e uma praia de uso canino (onde é possível levar os amigos de quatro patas).

Continuar a ler

ÚLTIMAS

Facebook

x
error: O conteúdo está protegido!!