Últimas:
Alegado homicida de agente da PSP de Évora diz que ‘não sabia que estava a atropelar uma pessoa’. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Crime

Alegado homicida de agente da PSP de Évora diz que ‘não sabia que estava a atropelar uma pessoa’.

Homicidio aconteceu a 13 de dezembro de 2020

Publicado

em

Julgamento em Évora de alegado homicida de agente da PSP

“Agente da PSP foi atropelado mortalmente a 13 de dezembro de 2020”

O Tribunal de Évora começou a julgar o homem de 52 anos acusado de homicídio do agente da PSP de Évora.

Na primeira sessão, sem a presença de jornalistas, o arguido falou e contou a sua versão dos factos.

O arguido, um guarda prisional, que está em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Évora, está acusado de um crime de violência doméstica, um crime de ofensa à integridade física e um crime de homicídio qualificado.

Na primeira sessão terá afirmado que ‘não sabia que estava a atropelar uma pessoa”, segundo fonte que assistiu ao depoimento.

O agente da PSP, de 45 anos, morreu na madrugada do dia 13 de dezembro de 2020, no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), horas depois de ser atropelado por uma viatura alegadamente conduzida pelo arguido.

De acordo com a PSP, o agente do Comando Distrital de Évora da Polícia, interveio numa situação de violência doméstica, acabando por ser atropelado pelo alegado agressor.

Na segunda sessão do julgamento, a mulher, que acompanhava o alegado homicida, referiu que, naquele dia, ambos “beberam bastante” no quiosque onde o agente da PSP, fora de serviço, estava a servir ao balcão.

Admitindo que o companheiro tenha sentido “ciúmes” por não gostar de a ver falar com outros homens, a mulher disse que o arguido lhe pediu então para se irem embora e que, mais tarde, a “agarrou nos cabelos” para a fazer entrar numa viatura.

Segundo a mulher, já no interior e com a viatura em movimento, foi ofendida pelo arguido, o que deu origem a “uma luta” entre ambos e foi então que ouviu “um barulho forte” e viu o vidro para-brisas “estilhaçado”, sem perceber o que tinha acontecido.

Crime

PSP de Évora reforça segurança noturna após vários incidentes

2 condutores por condução sob efeito do álcool, foram verificadas 25 infrações rodoviárias e 1 infração relativa ao funcionamento de estabelecimento de restauração e bebidas

Publicado

em

Campanha “Noite Segura – é noite tranquila”

No período noturno deste último fim-de-semana foi reforçada a visibilidade policial junto dos espaços públicos e estabelecimentos de diversão noturna nas cidades de Évora e Estremoz.

Da ação, que visou prevenir e dissuadir a prática de crimes e incivilidades, fiscalizar o funcionamento dos espaços de diversão noturna e promover a segurança rodoviária através da fiscalização dos comportamentos de risco tais como a condução sob efeito do álcool ou substâncias psicotrópicas, com manuseamento de telemóvel ou sem utilização de cinto de segurança, resultou na detenção de 2 condutores por condução sob efeito do álcool, foram verificadas 25 infrações rodoviárias e 1 infração relativa ao funcionamento de estabelecimento de restauração e bebidas.

Continuar a ler

Crime

5 milhões de cigarros apreendidos em Sines

Encontravam-se dissimulados num contentor com mercadoria originária de Singapura

Publicado

em

4.872.000

Quase cinco milhões de cigarros que estavam “sofisticadamente dissimulados” num contentor com mercadoria originária de Singapura foram apreendidos, no Porto de Sines, revelou  a Autoridade Tributária e Aduaneira.

Em comunicado, a AT indicou que, na ação levada a cabo pela delegação aduaneira de Sines, foram apreendidos 4.872.000 cigarros da marca “Englishman”, que se encontravam “sofisticadamente dissimulados num contentor com mercadoria originária de Singapura”.

A AT apurou a “elevada probabilidade de desconformidade entre a mercadoria declarada, ‘construções metálicas’, e a mercadoria efetivamente acondicionada no contentor”.

Continuar a ler

Crime

Homem detido por violência doméstica

Apreendidas cinco caçadeiras de calibre 12

Publicado

em

Santiago do Cacém

Detido por violência doméstica

O Comando Territorial de Setúbal, através do Posto Territorial de Santiago do Cacém, ontem, dia 3 de agosto, deteve um homem de 44 anos por violência doméstica, no concelho de Santiago do Cacém.

No âmbito de um inquérito por violência doméstica e na sequência das diligências de investigação efetuadas, os militares da Guarda deram cumprimento a um mandado de detenção e a três mandados de busca, uma domiciliária e duas em veículos.

No seguimento da ação, o suspeito foi localizado e detido tendo ainda sido apreendido diverso material, destacando-se:

·         Cinco caçadeiras de calibre 12;

·         Uma carabina de calibre 9mm;

·         388 cartuchos de calibre 12;

·         25 cartuchos de calibre 9mm.

O detido será presente a primeiro interrogatório hoje, dia 4 de agosto, no Tribunal Judicial de Santiago do Cacém, para aplicação das medidas de coação.

Continuar a ler

ÚLTIMAS

Facebook

x
error: O conteúdo está protegido!!