Siga-nos

Autarquias

Alcácer do Sal apresenta 15 medidas de emergência económica e social

Novos apoios a pessoas e empresas apresentados pela autarquia

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

No contexto da Pandemia COVID-19, o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença apresentou 15 medidas de emergência social e económica para o concelho.

As medidas são:

  1. Isenção do valor total da fatura dos serviços de abastecimento de água, saneamento e resíduos aos consumidores do tarifário social doméstico, nos meses de abril e maio.
  2. Isenção do pagamento das tarifas fixas dos serviços de abastecimento de água, saneamento e resíduos para todos os consumidores domésticos e não domésticos nos meses de abril e maio.
  3. Isenção até dezembro do pagamento das taxas de conservação nos lotes empresariais na ZIL de Alcácer do Sal, ZAE do Torrão e LIM da Comporta.
  4. Isenção até dezembro do pagamento de rendas de quiosques e afins, e espaços comerciais em propriedade municipal.
  5. Isenção até dezembro do pagamento de taxas referentes à ocupação do espaço público e publicidade aos detentores de estabelecimentos comerciais.
  6. Prolongamento dos planos de pagamento de água em dívida que estejam em curso, criando um período intercalar de dois meses para todos os consumidores.
  7. Suspensão até junho dos processos de execução fiscal e de contraordenação.
  8. Criação de um Banco Solidário de fornecimento de alimentos para famílias carenciadas devidamente assinaladas.
  9. Procedimento de manutenção, limpeza e desinfeção do Lar de Estudantes, em coordenação com a Autoridade de Saúde e Agrupamento de Escolas para albergar pessoas em isolamento sanitário.
  10. Criação de linha de fornecimento de gel desinfetante às IPSS’s, corporações de bombeiros e GNR.
  11. Reforçar linha de apoio com fornecimento de EPI para as IPSS’s, à semelhança do que foi fornecido aos bombeiros e à GNR.
  12. Fornecimento de 11 refeições/ dia à equipa permanente de bombeiros, confecionadas no refeitório do Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer do Sal.
  13. Disponibilização gratuita de alojamento a profissionais de saúde que, não residindo em Alcácer do Sal, tenham que aqui ficar alojados.
  14. Disponibilização da Câmara para apoiar aquisição de ventiladores para a UCI do Hospital do Litoral Alentejano e aquisição de aparelhos de análise da COVID-19.
  15. Suspensão até junho do pagamento das rendas das habitações sociais municipais.

Autarquias

Comporta já tem pré-tratamento de esgotos.

O investimento total neste novo sistema cifra-se em quase 2,9 milhões de euros.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Comporta já tem pré-tratamento de esgotos e nova ETAR permitirá reaproveitar águas

“Nova ETAR permite reaproveitar águas”

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, acompanhado pela vereadora Ana Soares, esteve ontem (22 de setembro 2020) de visita às instalações do novo Sistema de Tratamento de Águas Residuais – SAR da Comporta, obra que compreende uma Estação Elevatória – já concluída, e que iniciou ontem funções – de um Sistema Intercetor, de transporte de efluentes para a ETAR, e de uma Estação de Tratamento de Águas Residuais.

O investimento total neste novo sistema cifra-se em quase 2,9 milhões de euros, cofinanciados pela União Europeia através do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR), e cujas empreitadas estão adjudicadas à Ambiágua – Gestão de Equipamentos de Água, S.A. (Sistema Intercetor) e ao consórcio Domingos da Silva Teixeira, S.A/DTE, Instalações Especiais, S.A. (ETAR). Prevê-se que o SAR da Comporta esteja totalmente concluído no primeiro semestre de 2021.

Após a confirmação da previsão do fim dos trabalhos na primeira metade de 2021, o presidente da Câmara Municipal de Alcácer, Vítor Proença, afirmou que a construção do SAR da Comporta “é um motivo de grande satisfação para todo o Município de Alcácer, sendo também a concretização de um compromisso do Executivo Municipal e do próprio presidente da Câmara”.

Acrescentou depois que “toda a população da Comporta deve estar satisfeita com este novo passo”, sublinhando que naquele mesmo dia se deu “um passo muito grande na defesa do ambiente, com a entrada em funcionamento do sistema de pré-tratamento dos esgotos da Comporta”.

As novas instalações estão dimensionadas para tratar as águas residuais de uma população de cerca de 2.500 habitantes-equivalentes em época alta, podendo aumentar para mais de 5.000 habitantes.

Quando a ETAR estiver concluída, as águas residuais, depois do seu tratamento, vão ser reutilizadas em sistemas de rega na floresta da zona, facto pioneiro no Alentejo.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

OUTRAS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Categorias

ARQUIVO

error: Content is protected !!