Últimas:
Abate ilegar de sobreiros detetado pela GNR em Grândola – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Crime

Abate ilegar de sobreiros detetado pela GNR em Grândola

Foram 290 árvore abatidas

Ana Catarina Ventura

Publicado

em

Imagem: GNR

Foram quase 300 árvores abatidas

“Abate massivo aconteceu em setembro”

O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Grândola, detetou no dia 17 de setembro, um abate massivo de sobreiros, secos e verdes, num total de 372 árvores, em Grândola.

Segundo a GNR, “no decorrer de uma fiscalização, foi possível apurar que o responsável pelo abate garantia que tinha licença para o efeito mas que não a tinha no local, tendo os trabalhos sido suspensos até à apresentação da mesma”.

“De referir que o sobreiro, Quercus suber, é uma espécie protegida ao abrigo do Decreto-Lei nº 169/2001, de 25 de maio, carecendo de licença do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas ICNF todas a ações que incindam sobre o mesmo” afirmão ainda.

No dia 21 de setembro foi apresentada uma licença válida para abate de 82 sobreiros secos, tendo-se assim confirmado o abate ilegal de 290 sobreiros, dos quais 135 em estado vegetativo.

Crime

GNR deteve 8º indivíduo de grupo que traficava droga.

Ficou em prisão preventiva.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Sousel

“Prisão preventiva por tráfico de estupefacientes”

O Comando Territorial de Évora, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Estremoz, no dia 13 de outubro, deteve um homem de 28 anos por tráfico de estupefacientes, no concelho de Sousel.

No seguimento de uma investigação que já tinha permitido deter, no dia 30 de setembro, sete homens com idades compreendidas entre os 17 e os 40 anos, por tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida, nos concelhos de Estremoz, Sousel e Campo Maior, foi possível apurar-se que o grupo organizado adquiria o produto estupefaciente e disponibilizava-o localmente e noutros concelhos.

No seguimento das diligências policiais, no 13 de outubro, foi realizada mais uma busca domiciliária e outra em veiculo, que permitiu apreender dois telemóveis, uma balança de precisão e uma viatura.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Évora para primeiro interrogatório, tendo sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!