Últimas:
A26 abriu ao trânsito. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

A26 abriu ao trânsito.

Troço entre a A2 e Figueira de Cavaleiros finalmente abriu ao trânsito.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Finalmente a abertura do troço da A26 do Baixo Alentejo

“A26 abre ao trânsito”

A26 abriu ao tráfego na última sexta-feira.

Foram verificados os acessos de socorro à autoestrada.

“A partir de sexta feira o troço que passa pelo concelho de Ferreira do Alentejo vai abrir ao tráfego”, anunciou a autarquia local.

A A 26  – Autoestrada do Baixo Alentejo quando construída, estará integrada no itinerário IP 8  em toda a sua extensão, e no IC 33 no troço entre Santiago do Cacém e Roncão.

Quando concluída, esta autoestrada fará a ligação entre as cidades de Sines e Beja, passando por Santiago do Cacém e Ferreira do Alentejo.

Era suposto desempenhar um duplo papel: por um lado, no escoamento de produtos do porto e da refinaria de Sines, e por outro na aproximação da cidade de Beja e do seu aeroporto à autoestrada  A 2  e, por conseguinte, à capital Lisboa.

Os únicos troços construídos desta autoestrada localizam-se entre Sines e Relvas Verdes e entre a saída de Grândola Sul da autoestrada  A 2  e Figueira de Cavaleiros.

Este último troço abre, com vários anos de atraso, na próxima sexta feira.

Deverá ser isenta numa primeira fase de portagens.

Justiça

Juiz Ivo Rosa levanta arresto da propriedade da ex mulher de Sócrates, em Montemor o Novo.

Em causa o Monte das Margaridas propriedade de Sofia Fava.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Arresto levantado ao Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo.

” Operação Marquês “

No despacho instrutório, proferido na sexta-feira, o juiz Ivo Rosa ordenou o levantamento imediato do arresto de vários bens imóveis dos arguidos, designadamente o Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo, adquirido pela ex-mulher de Sócrates Sofia Fava.

“Tendo em conta a decisão de não pronúncia relativamente aos crimes ora em causa, quanto aos saldos bancários apreendidos e bens imóveis arrestados, verifica-se que não existem indícios que as quantias e bens imóveis em causa são produto dos crimes de corrupção passiva de titular de cargo político imputados ao arguido José Sócrates”, lê-se no despacho.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!