Últimas:
A desova de Pimpões no Alqueva. (imagens únicas) – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Notícia TDS

A desova de Pimpões no Alqueva. (imagens únicas)

Desova colectiva decorre em 2 dias e é um momento raro de presenciar.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Desova na Barragem do Alqueva

“Pimpões a desovar durante dois dias nas margens do Alqueva”

É um cenário único e acontece apenas dois dias por ano.

Milhares de ‘Pimpões’ mostram-se nas margens da barragem num ritual colectivo de desova.

Veja o Vídeo.

O Pimpão

Ficha de Aquariofilia – Pimpão

Comprimento Máximo: 35 cm, dependendo da variedade

É uma espécie pacífica que se adapta facilmente quer ao pequeno aquário quer ao lago de jardim. O aquário pode conter algumas plantas e deve ser bem arejado.

Embora se possam adaptar a condições extremas de temperatura e qualidade da água, estas terão consequências negativas diminuindo a longevidade dos peixes. Um dos maiores inconvenientes da sua manutenção em aquário é o crescimento rápido que depressa torna exíguo o pequeno aquário onde são tradicionalmente colocados.

Desde há muito reproduzida em cativeiro, a subespécie Carassius auratus auratusdeu origem a numerosas variedades, seleccionadaspela forma do corpo e das barbatanas e pela coloração. As variedades olho-de-bolha, cabeça-de-leão, cauda-de-véu e telescópio são apenas alguns exemplos.

A fêmea distingue-se do macho por apresentar o ventre mais arredondado. No entanto, esta característica tem sido seleccionada pelos criadores podendo encontrar-se em ambos os sexos.

A reprodução só costuma ocorrer nos tanques exteriores, podendo a desova ser provocada por uma mudança brusca de água, ou alteração de temperatura, no período da Primavera e do Verão.

Os ovos ficam agarrados às plantas aquáticas ou a um qualquer substituto (meadas de lã, por exemplo) que poderá ser retirado para um aquário onde se junta azul de metileno para evitar o aparecimento dos fungos que podem estragar os ovos.

A eclosão ocorre poucos dias depois, dependendo da temperatura. Após começarem a nadar, as larvas são alimentadas com náuplios de artémia.

Acidentes

Capotamento entre Vendas Novas e Lavre.

Sem registo de feridos graves.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: Facebook

Acidente

“Capotamento de viatura ligeira”

O capotamento de uma viatura ligeira na estrada que liga Vendas Novas a Lavre não provocou feridos graves apesar do aparato do acidente.

A viatura ficou imobilizada na via.

No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Vendas Novas e a GNR local.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!