Últimas:
85% dos cancros do pulmão são devidos ao tabaco – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

85% dos cancros do pulmão são devidos ao tabaco

Hoje é Dia Mundial do Não Fumador

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Dia Mundial do Não Fumador

“Pulmonar alerta que 85% dos cancros do pulmão são devidos ao tabaco”

Hoje dia 17 de Novembro é assinalado o Dia Mundial do Não Fumador. Esta data representa a promoção da saúde e de um hábito saudável perante o principal causador de doenças com elevada mortalidade, como são o cancro, as doenças cardiovasculares e as respiratórias, entre outras.

No nosso país são atribuídas cerca de 13 mil mortes por ano ao consumo de tabaco e à exposição ao seu fumo, para além de implicar uma menor qualidade de vida e mortalidade prematura a muitos mais milhares.

Mas este dia deve também ser encarado como um desafio à mudança para os fumadores. Um momento de reflexão e motivação para iniciarem a sua preparação para terminarem com esse vício. Uma oportunidade para procurarem ajuda, se necessário, através das consultas de cessação tabágica existentes nos hospitais.

“As pessoas devem ter presente que o consumo de tabaco contribui para 85% dos cancros do pulmão, que é a doença oncológica com maior taxa de mortalidade”, refere a presidente da Pulmonale – Associação Portuguesa de Luta contra o Cancro do Doentes.

“Em Portugal, anualmente são diagnosticados 5200 novos casos e morrem mais de 4600 pessoas”, salienta Isabel Magalhães, “e isto apesar dos enormes avanços que têm sido desenvolvidos nesta área, onde a evolução da ciência permite hoje novas terapêuticas com grandes benefícios em termos de sobrevivência com qualidade de vida”.

E como “o pulmão não dói e alguns dos sintomas são muitas vezes interpretados e associados pelas pessoas a outras doenças, torna o diagnóstico muitas vezes tardio, com consequências no tratamento. Até por este facto, o melhor é mesmo antecipar o problema, ganhando a consciência que devem evitar o consumo de tabaco”, alerta.

Continuar a ler
Publicidade

Crime

ASAE encerra ginásio em Portalegre

Total incumprimento das medidas decorrentes do estado de emergência

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), através da sua Unidade Regional do Sul, realizou uma ação inspetiva direcionada à verificação do cumprimento das medidas previstas no estado de emergência no âmbito do combate à pandemia de Covid-19.

“encerramento de um ginásio”

O operador económico, localizado em Portalegre, mantinha a prestação do serviço, funcionando em total incumprimento das medidas decorrentes do estado de emergência de forma camuflada, por intermédio de mecanismos de controlo de entradas, de vigilância das imediações para alerta quanto a possível intervenção policial e munido com sistemas de dissimulação que asseguravam a não emissão de sinais para o exterior.

A ação resultou no encerramento coercivo do ginásio e na identificação do proprietário e dos 6 clientes que ali se encontravam, originando, também, a instauração dos respetivos processos de natureza contraordenacional tando ao proprietário como aos clientes, nomeadamente por se encontrarem em violação do encerramento de atividade do estabelecimento, do dever geral de recolhimento obrigatório e pela ausência uso de máscara.

Continuar a ler

x
error: Content is protected !!