Últimas:
58 utentes do Lar de Beja vão ser transferidas para Base Aérea, este sábado. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

58 utentes do Lar de Beja vão ser transferidas para Base Aérea, este sábado.

A operação será efectuada pelos Bombeiros Voluntários  de Beja e Cruz Vermelha de Beja.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Autarquia não prestou declarações durante todo o dia. Ao final do dia o presidente, Paulo Arsénio, terá dado informações à agência Lusa. Serviços de informação da autarquia remeteram-se ao silêncio.

“Presidente da câmara de Beja sem prestar informações apesar de 97 infectados num lar da cidade”

A Comissão Municipal de Proteção Civil de Beja decidiu que 58 dos 80 utentes infetados do lar feminino vão ser transferidos para as instalações da Base Aérea 11.

A transferência deverá acontecer já este sábado.

O pedido formal foi feito ainda ontem ao comando da BA11, que reencaminhou o mesmo para o Estado-Maior da Força Aérea, aguardando-se a autorização do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA), Almirante Silva Ribeiro.

As utentes que irão ser transportadas serão as que apresentam uma maior mobilidade.

A operação será efectuada pelos Bombeiros Voluntários  de Beja e Cruz Vermelha de Beja.

Nesta altura das 83 utentes infectadas 3 estão internadas na Enfermaria Covid 19 do Hospital de Beja.

Saúde

Odemira recua no desconfinamento. Grândola e Sines estão em alerta.

Veja a lista completa do desconfinamento

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

“Dez concelhos recuam, quatro recuperam”

Lisboa e Braga são as duas capitais de distrito entre os 10 concelhos que recuam no desconfinamento entre eles Odemira.

Quatro recuperaram, mas há 20 sob alerta das autoridades entre os quais estão Grândola e Sines.

Há 10 concelhos que, devido às altas incidências de casos positivos de infeção por SARS-CoV-2, não acompanham a generalidade do país e recuam no desconfinamento:

  • Albufeira, Arruda dos Vinhos, Braga, Cascais, Lisboa, Loulé, Odemira, Sertã, Sintra e Sesimbra (com 480 casos por 100 mil habitantes a duas semanas).

Há 20 concelhos que ficam sob alerta:

  • Alcochete, Águeda, Almada, Amadora, Barreiro, Grândola, Lagos, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Sardoal, Setúbal, Seixal, Sines, Sobral de Monte Agraço e Vila Franca de Xira.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!