Siga-nos

Economia

Medway vai investir 1 milhão em Sines

Segundo um comunicado da Medway, este investimento “vai permitir alargar a prestação dos seus serviços no complexo portuário, logístico e industrial de Sines”.

Avatar

Publicado

em

A Medway, do Grupo MSC – Mediterranean Shipping Company, vai investir cerca de um milhão de euros na ZILS –  Zona Industrial e Logística de Sines.

O contrato assinado é entre a empresa de transporte ferroviário de mercadorias, resultante da privatização da CP Carga, e a aicep Global Parques – Gestão de Áreas Empresariais e Serviços, S. A., empresa pública responsável pela gestão da ZILS.

“Com uma área superior a 30.000 metros quadrados, por um período de 20 anos e com um investimento de cerca de um milhão de euros, a Medway fica assim provida de uma maior capacidade para prestação dos serviços logísticos, necessária para a captação de novos negócios e clientes”, explica um comunicado da empresa do Grupo MSC, o segundo maior armador mundial.

De acordo com Carlos Vasconcelos, presidente do conselho de administração da Medway, “a nossa presença em Sines, apesar de expressiva, estava a ficar aquém das nossas necessidades”.

Economia

Presidente da Câmara de Vendas Novas exige reunião com a CP

Luis Dias, presidente da Câmara de Vendas Novas exige descontos também na CP

TDS noticias

Publicado

em

O Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, por proposta do Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas, Luís Dias, aprovou uma tomada de posição que exige uma reunião com a CP, de modo a incluir no Programa de Apoio à Redução Tarifária, os passes dos utilizadores do transporte ferroviário.

Para além disso, o Conselho decidiu ainda fixar o desconto nos passes mensais de transportes rodoviários de todos os residentes no Alentejo Central em 60% do seu valor.

Na tomada de posição, que transcrevermos, é clara a intenção dos autarcas:

«No âmbito do Programa de Apoio à Redução Tarifária, PART, estatuído pelo Despacho n°1 234-N201 9, de 4 de fevereiro, foi deliberado em reunião do Conselho Intermunicipal de dia 19 de Março de 2019 que o apoio à redução tarifária seria aplicado aos transportes públicos com origem no território abrangido pela Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), independentemente do destino dos utilizadores e a percentagem deste apoio foi então fixada em 32%.

Posteriormente esta redução tarifária ampliou-se, fixando-se nos 60%. Contudo até ao momento, o PART não abrange os passes dos utilizadores do transporte ferroviário, apesar da insistência do Município de Vendas Novas e da CIMAC, que estranham a resistência da CP em não permitir a sua aplicação e os sucessivos adiamentos das reuniões agendadas com o intuito de encontrar um entendimento.

Assim, em reunião do Conselho Intermunicipal da CIMAC de 16 de julho de 2019, foi aprovada por unanimidade a proposta do Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas para a assunção desta tomada de posição, que exige uma reunião imediata com a CP, com o propósito legítimo de incluir no Programa de Apoio à Redução Tarifária os passes dos utilizadores do transporte ferroviário.»

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento