Últimas:
3 149 idosos passaram o Natal sozinhos. Só no distrito de Portalegre foram 717. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

3 149 idosos passaram o Natal sozinhos. Só no distrito de Portalegre foram 717.

Nalguns casos a visita da GNR foi a única em tempo de Natal.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Campanha “Natal a GUARDAr os nossos idosos” 

” 3 149 idosos estiveram sós no Natal. O distrito de Portalegre lidera com um registo de 717 idosos”

No contexto atual de pandemia COVID-19, e em complemento de todas as ações que vêm sendo desencadeadas por todo o seu dispositivo, a Guarda Nacional Republicana, desenvolveu, entre 18 e 24 de dezembro, uma campanha de acompanhamento dos idosos que vivem sozinhos, não só para diminuir o seu isolamento social, transmitindo uma mensagem de amizade e de esperança, mas sobretudo para os proteger, no âmbito do policiamento de proximidade.

Nesta quadra natalícia, a Guarda tem reforçado as ações junto dos idosos, sobretudo junto dos mais de 42 mil que, durante a Operação Censos Sénior 2020, foram sinalizados como vivendo sozinhos ou isolados ou sozinhos e isolados, procurando contribuir para a prestação de um necessário apoio social e para a sensibilização face à tendência para os de crimes de burla, que incidem sobretudo sobre a população mais vulnerável, como é o caso dos idosos, através de visitas regulares às suas residências.

Conscientes de que o isolamento é maior este ano, devido às recomendações das autoridades de saúde, e sabendo que cerca de 3 149 idosos iriam passar o natal sozinhos, conforme distribuição abaixo indicada, a GNR, através das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC), procurou estar presente, em especial no dia 24 de dezembro, junto daqueles cujo o isolamento é maior nestas últimas semanas e sobretudo na noite de consoada, data em que tradicionalmente se reúnem as famílias.

Justiça

Juiz Ivo Rosa levanta arresto da propriedade da ex mulher de Sócrates, em Montemor o Novo.

Em causa o Monte das Margaridas propriedade de Sofia Fava.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Arresto levantado ao Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo.

” Operação Marquês “

No despacho instrutório, proferido na sexta-feira, o juiz Ivo Rosa ordenou o levantamento imediato do arresto de vários bens imóveis dos arguidos, designadamente o Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo, adquirido pela ex-mulher de Sócrates Sofia Fava.

“Tendo em conta a decisão de não pronúncia relativamente aos crimes ora em causa, quanto aos saldos bancários apreendidos e bens imóveis arrestados, verifica-se que não existem indícios que as quantias e bens imóveis em causa são produto dos crimes de corrupção passiva de titular de cargo político imputados ao arguido José Sócrates”, lê-se no despacho.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!